Agenda Gotsch

11 frases chave de Ernst Götsch

Se você já assistiu a alguma palestra, participou de um workshop, ou teve a oportunidade de conviver com o criador da Agricultura Sintrópica, com certeza já o ouviu falar alguma dessas frases, senão todas! Listamos aqui as frases-chaves de Ernst Götsch para, de uma maneira descontraída, relembrarmos alguns pontos de seu discurso que vão sempre merecer destaque.

1. "Todas as relações intra e interespecíficas são baseadas no amor incondicional e na cooperação"

Logo de cara a gente lembra daquelas cenas de natureza selvagem e duvida dessa afirmação. Mas até mesmo a dinâmica predador-presa pode ser entendida como um mecanismo para otimizar e equilibrar os recursos de um ecossistema. O famoso caso dos lobos de Yellowstone é um ótimo exemplo disso.

2. "Todas as espécies - as existentes, as que já ocorreram e as que aparecerão - vêm equipadas para realizar a sua função, movidas pelo prazer interno"

Nosso dedo opositor é capaz de muito mais do que digitar rápido no celular, acredite! E atenção: não vá confundir prazer interno com hedonismo. Ao encontrar o nosso papel e nossa função dentro do ecossistema, nós nos aproximamos do comportamento de todas as outras formas de vida que geram recursos ao invés de explorá-los. Manejar ecossistemas, por exemplo, pode ser uma experiência muito prazerosa de co-criação do macroorganismo do qual fazemos parte.

3. "As leis da natureza são dadas, não nos cabe criá-las ou modificá-las. Temos de agir de forma benéfica para todos os participantes, todos os atingidos, de modo a voltarmos a ser considerados seres úteis e bem-vindos no sistema"

Trabalhar com a natureza e não contra ela não é uma imposição. É, simplesmente, nossa melhor opção! A natureza não precisa de nós. Nós é que dependemos dela. Caso contrário, o que acontece é exatamente a situação descrita na próxima frase-chave.

4. "Agir de forma desarmoniosa induz modificações no sistema as quais atuam justamente no sentido de tornar inoportuna a presença do causador daquela desarmonia. Ou seja, esse ser é expulso, perde a liberdade de poder querer”

Os efeitos das mudanças climáticas impulsionadas pela interferência das atividades humanas de fato não parecem nada convidativas para a permanência da nossa espécie no planeta.

5. "Busco sempre criar agroecossistemas parecidos aos sistemas naturais e originais dos locais em que atuo, tanto em sua forma quanto em sua função e dinâmica”

São 4 bilhões de anos de evolução da vida no planeta. Não parece arriscado confiar nesse "tecnologia". Todos os processos, as formas e as estratégias vêm sendo testadas e aprimoradas há muito tempo!

6. “Não somos os inteligentes, somos parte de um sistema inteligente. Não sou dono, nem chefe, nem gerente. Sou um ser endobionte do macroorganismo”

Para lembrar da aula de biologia, endobionte vem do grego "ENDO" que significa "DENTRO" e "BIOS" que significa "VIDA". Ou seja, "quem vive dentro" em íntima relação mutualística, sem causar dano. Imagina quanta diferença faria se nós nos víssemos e nos posicionássemos assim diante da natureza.

7. “Solo exposto é ferida aberta”

“Seja generoso, senhor” - seria outra versão da recomendação de Ernst na hora de cobrir o solo com matéria orgânica. É ela que vai garantir as melhores condições para o desenvolvimento da microflora e da microfauna do solo que estão intimamente relacionadas tanto com a estruturação do solo quanto com a disponibilização dos nutrientes necessários para o bom desenvolvimento das nossas plantas.

8. “Não existem pragas. Existem agentes otimizadores de processos de vida. A única praga que conheço no meu plantio sou eu mesmo”

As consequências dessa mudança de perspectiva são incríveis, veja na nossa  “história da vassoura de bruxa”

9. "O subproduto da produção de alimentos é madeira e terra boa"

No ponto que estamos, não basta mais apenas não degradar, é preciso regenerar! Na Agricultura Sintrópica, ao invés de consumir a fertilidade do solo, o manejo garante o aumento constante da camada de terra fértil.

10. “Água se planta”

Os solos não compactados, a presença de micorrizas e a arquitetura estratificada dos plantios sintrópicos promovem um ambiente favorável para precipitações e o reabastecimento dos lençóis freáticos. Então, de fato, o manejo correto do solo e das plantas interage diretamente no ciclo de água doce.

11. "O que me orienta é o imperativo categórico de Kant: 'Aja de tal maneira que tu queiras que os princípios submetidos às tuas interações sejam elevados por imediato a princípios de leis universais’ e assim aplicadas em ti mesmo!”

Ernst Götsch adota esse direcionamento ético como crivo fundamental pelo qual deve passar toda decisão de manejo ou interação com o ecossistema.

** Tradução para inglês: Tarciso Mazzer Junior & Maria Fernanda Picotez

Dayana Andrade

Siga nosso trabalho

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.