Agenda Gotsch

Uma caixa d'água viva em meio à aridez

Essa planta é simplesmente uma caixa d’água em meio à completa aridez. Em Portugal, de Viana do Castelo (extremo norte) ao Algarve (sul), nós testemunhamos sua ocorrência, sempre em condições adversas tais como encostas, solos salinizados ou com muitas pedras. Enfim, uma guerreira. Mas, o destino dessas guerreiras sob o olhar da ecologia moderna não costuma ser glorioso. Como muitas outras espécies resilientes, a “Carpobrotus sp”, conhecida como “unha de gato”, natural da África do Sul, é também considerada invasora tanto no Mediterrâneo quanto em partes da Austrália e da Califórnia.

Mas o Ernst Götsch nos ensinou a olhar para uma planta e sempre perguntar “o que ela está fazendo de bom para aquele lugar?”. Isso porque, se entendemos que a sucessão de espécies segue sempre na direção do incremento de energia - ou seja, tem uma tendência sintrópica - então cada espécie que ali ocorre é vista como mais um passo nessa transformação do ambiente. As espécies capazes de prosperar nas condições atuais (em termos de oferta de nutrientes e capacidade de retenção de água do solo) são aquelas que, por meio de seu metabolismo, vão contribuir para criar as condições para que as próximas, mais exigentes que elas, possam se estabelecer.

Carpobrotus cobre e protege solos expostos, além de organizar água em sua biomassa

Mas, o que a Carpobrotus está fazendo de bom?

A resposta nos parecia evidente. Lugares onde nenhuma outra planta crescia por falta de solo e de água, lá estava a unha-de-gato pavimentando seu próprio caminho, com um eficiente crescimento vegetativo e, ainda por cima, formando tenras folhas suculentas. Mesmo em pleno verão, com temperaturas que não raro atingem a casa dos 40°C, ela segue cobrindo e protegendo solos expostos e, ainda por cima, organizando água em abundância, como nenhuma outra planta presente parece ser capaz de fazer nessas situações de degradação.

Não deu outra: virou recurso.

Veja no vídeo abaixo o teste que fizemos. Cortamos, organizamos e trituramos a unha-de-gato aos pés das videiras abandonadas que estavam logo ao lado, precisando de cuidados. Ela é muito macia e fácil de cortar. Com um simples manejo proporcionamos uma “fertirrigação” para as videiras (que já estão sofridas, coitadas, porque carecem estratos acima e abaixo delas).

Mas ela vai alastrar!

A trituração que fizemos impede isso de acontecer. Mas, de qualquer forma, ela é tão fácil de manejar e os benefícios são tão grandes que não vemos motivo para esse medo. O pavor só serve para sustentar as recomendações de combate mecânico (que sugere o corte e o descarte) ou o combate químico (que implica pulverizações com herbicidas). Só não se recomenda o fogo porque ela, cheia de água, não pega fogo... Ter espécies que guardam tanta água em sua biomassa não me parece uma má ideia para regiões que sofrem tanto com incêndios. De novo, basta superar preconceitos.

Sem falar que é comestível!

Além de alimentar animais de pequeno porte, a “Carpobrotus edulis” pode servir de alimentos para nós, humanos. O fruto pode ser consumido fresco (experimentei e não achei nada mal), em compotas ou fermentado. E as folhas tem propriedades fitoterápicas e cosméticas semelhantes à da Aloe vera.

Dayana Andrade

4 comentários

  • Tks guys. Yes these are great to use here in Portugal and Spain. Please check out another one that is equally impressive albeit it doesnt have the same amount of biomass. Aptenia cordifolia or heartless ice plant. Its the one Im using.

    • Thanks Sebastian. We will definitely! We are becoming big fans of these living water tanks. They are easy to manage and kind of reassuring to know there is water growing around our beds 🙂

  • Parabéns Dayana e Felipe pelo trabalho, Muito interessante e importante a observação da função da planta em seu habitat. Depois seria legal mostrar a resposta da videira após esse manejo.
    Forte Abraço,
    JK

    • Muito obrigado JK. Esse ano vamos fazer um acompanhamento mais criterioso dessas vinhas, e vamos também enriquecer com outras espécies. Pode deixar que contamos tudo por aqui. Grande abraço e obrigado por seu apoio 🙂

Siga nosso trabalho

Facebook

Facebook Pagelike Widget

Stay informed